Veja também

Os vilões da alimentação

(Português do Brasil) Em busca da alimentação equilibrada é comum consumirmos produtos que são comercializados ou, popularmente, conhecidos como saudáveis. Porém, sua composição passa longe de ter grandes benefícios.

Como melhorar o torcicolo

(Português do Brasil) Ter episódios de torcicolo durante a vida é algo bem comum, devido a combinação do enfraquecimento da cervical com situações como dormir e sentar de forma errada, praticar exercícios incorretamente e até mesmo por vivenciar situações de muito estresse.

Mudanças bruscas de temperatura e a saúde

De maneira geral, nosso organismo está preparado para lidar com as mudanças súbitas de temperatura – do calor para o frio e vice-versa. Mas para evitar o chamado “choque térmico”, o jeito é ficar atento às essas variações, antes de sair de casa.

É que toda vez que o corpo precisa se adaptar a mudanças drásticas de temperatura, aciona um sistema chamado homeostase e diferentes órgãos agem em conjunto para manter o corpo em boas condições de funcionamento.

Os sintomas provocados pelo choque térmico variam de acordo com o grau de conflito climático sofrido, ou seja, algumas vezes você pode apenas se sentir incomodado, em outras o resultado pode ser mais intenso, resultando em arritmias cardíacas, alterações pulmonares e paralisia facial.

Quando a mudança de temperatura é do frio para o quente, por exemplo, a pressão sanguínea tende a cair, deixando o sangue mais viscoso e as artérias mais contraídas, exigindo um maior esforço para alimentar os órgãos que mais precisam de oxigenação de sangue. Já do quente para o frio, a pressão costuma aumentar, podendo provocar uma crise hipertensiva.

Abaixo, listamos alguns cuidados para passar por essas oscilações com saúde.

Beba muito líquido

Uma boa hidratação, que inclui ingestão de frutas, legumes e verduras com bastante água, é fundamental para melhorar a imunidade, principalmente se o clima estiver seco. Mesmo não sentindo sede, carregue uma garrafinha de água com você e dê pequenos goles de tempos em tempos.

Ajuste a alimentação

A alimentação balanceada deixa a imunidade nas alturas, criando uma barreira contra complicações decorrentes da queda brusca de temperatura. Priorize alimentos que aceleram o metabolismo e opções mais calóricas, já que o corpo tende a gastar mais energia para manter o calor.

Deixe a casa ventilada

Seja para manter o calor ou evitar a entrada do sol, muitas pessoas acabam deixando suas casas completamente fechadas. Entretanto, ao impedir a circulação de ar, você favorece a proliferação ou a estagnação de vírus, fungos e bactérias no ambiente. Por isso, por mais fresquinha que seja sua casa ou por mais frio que esteja o tempo lá fora, abra as janelas alguns períodos do dia – pela manhã e à tarde, principalmente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.







Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo