Veja também

Os benefícios da terapia holística

(Português do Brasil) A compreensão sobre a nossa saúde mudou! Hoje entendemos que além da saúde física, a saúde mental e a emocional são muito importantes. E que todas as áreas da nossa vida estão conectadas, portanto, quando uma não está em equilíbrio, pode afetar a outra.

Você sabe o que é o mieloma múltiplo?

(Português do Brasil) O mieloma múltiplo não é um câncer comum; estima-se que ele afeta 7 a cada 100 mil pessoas. E o pior: os sinais desse tipo de câncer são confundidos com outras doenças. Veja mais:

Idosos têm grandes chances de ficarem depressivos

Pesquisas realizadas pelos principais órgãos de saúde confirmam que os casos de depressão aumentam a cada ano e que até 2020 será a principal doença causadora de incapacidade no mundo. O Brasil é o campeão da América Latina em pessoas depressivas.

A enfermidade acomete todas as idades, no entanto, a maior incidência é entre a população idosa. Um dos fatores é porque o número de idosos vem crescendo nas últimas décadas. Diminuição das funções sociais, redução dos recursos financeiros, falta de assistência médica, abandono da família, viuvez, perda de amigos ou questões inerentes à própria idade como dependência, falta de mobilidade ou capacidades cognitivas. Todas essas situações podem desencadear a depressão em pessoas a partir dos 65 anos.

A questão é que há uma tendência em achar que a velhice é sinônimo de tristeza o que dificulta o diagnóstico. A tristeza passageira é normal, mas a duradoura não é em nenhuma faixa etária.

É preciso ficar alerta! A depressão no idoso apresenta características diferentes. Geralmente está associada à reclamação física, como falta de disposição e dores, agressividade e irritação, sintomas muito semelhantes com os de crianças e adolescentes depressivos. Pode ser confundida ainda, em muitos casos, com a demência, porque leva ao isolamento reduzindo a atenção e perda de memória.

Quem convive com os idosos deve ficar atento ao perceber esses sinais, além de outros como falta de interesse nas atividades do dia a dia, distúrbios do sono, perda ou ganho de peso. É importante buscar a ajuda profissional o quanto antes. A patologia, se não for tratada, pode levar ao suicídio e o risco entre os idosos é duas vezes maior que na população geral.

Infelizmente, existe um índice ainda maior de depressivos em asilos e hospitais, o que contribuiria bastante mantê-lo em sua casa, no conforto do lar com o auxílio de cuidadores especializados. O atendimento home care ajuda a evitar a depressão nessa faixa etária, já que oferece um atendimento de saúde humanizado com cuidados especiais.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Campos obrigatórios são marcados*.







Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo